Envidraçamento de Sacadas em São Paulo - RJ - Brasil

3 dicas fundamentais para analisar se o projeto de fechamento de sacadas está correto na Assembleia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Levando em conta os dias atuais, principalmente na região de São Paulo, mais de 80% dos projetos para fechamento de sacadas em edifícios (quando não vêm já definidos pela construtora) são entregues de forma errada ou tendenciosa, portanto, é de extrema importância que você, proprietário de imóvel, tenha o conhecimento necessário para que possa, quando acontecer a assembleia do condomínio e o assunto acerca do envidraçamento for colocado em pauta, reconhecer o que é certo e o que pode gerar problemas. Por isso, separamos três dicas fundamentais nas quais você deve ficar atento. 😎

Como já havíamos mencionado anteriormente aqui mesmo em nosso blog, é comum que a administradora não possua em seu quadro uma equipe técnica que tenha a expertise necessária para avaliar com precisão os projetos de envidraçamento de varanda, e acabam optando pelo serviço oferecido por vidraçarias, simplesmente por serem mais “em conta”. Porém, o vidraceiro, apesar da grande experiência, também não possui a formação técnica que o permita elaborar um projeto de acordo com a ABNT NBR 16.259.

Então, a administradora apresenta esse projeto de fechamento de sacadas aos condôminos que, por também não possuírem conhecimento, sequer imaginam que ele possa estar repleto de cálculos errados, escolha de materiais de baixa qualidade, entre outras situações, e acabam aprovando algo que está muito longe de ser o ideal, iludidos com a possibilidade de aquela ser a melhor escolha, uma vez que já veio pré-definida por parte da administradora. 😪

Mas agora, de posse dessas dicas, a história será diferente, e você terá argumentos para confrontar o projeto de fechamento de sacadas, caso o mesmo possua falhas, e assim evitar não apenas prejuízo financeiro, como também à saúde e bem estar de sua família e dos demais moradores. 😉

1 – Qual tipo de vidro está especificado no projeto de envidraçamento do seu condomínio?

Essa talvez seja a mais importante das dicas! Muitos vidraceiros, pensando em facilitar sua vida caso venha a acontecer algum erro de produção, ou para ganhar tempo no momento de realizar o corte, acabam optando por utilizar o vidro laminado 5mm + 5mm, porém, apesar de ele ser um vidro de segurança, é extremamente sensível. Então, quando bate uma rajada de vento 🌫, mesmo que numa intensidade mais fraca, na fachada onde está instalado o envidraçamento, ele tende a trincar e cair tanto para o interior da varanda, como para as áreas comuns do condomínio, colocando em risco quem por lá estiver transitando. 😮

Outro problema bastante comum no fechamento de sacadas, que acontece pelo fato de não haver proteção nas bordas desse vidro laminado, diz respeito a delaminação, que nada mais é que a aparição de manchas por toda a borda da folha de vidro devido às ações do tempo, como chuvas 🌧, sol forte ☀, entre outras, deixando seu aspecto bastante desagradável.

O vidro laminado pode ser usado levando-se em consideração a localização onde está construído o condomínio. Nas regiões Sudeste e Sul há uma pressão de vento que fica na chamada região 3, quando o vidro laminado suporta entre 900 e 1.100 pascais. E o que isso significa? Em termos gerais, o sistema de envidraçamento que vier a utilizar esse vidro, só pode ser instalado em edifícios de até, no máximo, dois andares. Em outros estados, como Rondônia e Acre, por exemplo, onde existe uma pressão de vento bem mais fraca, o uso do vidro laminado pode acontecer em construções com até 20 andares.

Bom, até aqui falamos bastante sobre o vidro que não é o recomendado, mas afinal de contas, qual é o vidro ideal e, consequentemente, deve constar no projeto de envidraçamento apresentado na assembleia? Trata-se do vidro temperado. Ele é sete vezes mais resistente que o laminado 💪, e torna-se ainda mais eficiente quando acrescido de película de segurança incolor, assim, em caso de quebra, todos os estilhaços ficam presos, evitando acidentes.

vidro temperado para sacada

O vidro temperado, por sua vez, pode ser tranquilamente instalado em edifícios com até 30 andares, garantindo total segurança no fechamento de sacadas.

Portanto, convém repetir, no projeto de envidraçamento apresentado pela administradora do seu condomínio, independentemente de ter sido realizado por vidraçaria ou empresa especializada, deve obrigatoriamente constar como vidro a ser utilizado, o temperado.

2 – Em todas as folhas do projeto de fechamento de sacadas consta a especificação técnica ABNT NBR 16.259?

Essa é mais uma dica valiosíssima e na qual você deve estar atento. Ela nada mais é que a norma referente ao sistema de fechamento de varanda com vidro, e deve obrigatoriamente constar no projeto, de modo a garantir que o fornecedor atenda os principais requisitos dessa norma. Vamos tentar explicar um pouco melhor… É a NBR 16.259 que estabelece os requisitos e métodos de ensaio que asseguram o desempenho dos sistemas de envidraçamento de sacadas em edificações, sejam elas públicas ou privadas. Portanto, tê-la especificada no documento é indispensável. Jamais permita que o mesmo seja aprovado sem confirmar essa informação.

Para conferir mais vídeos sobre o tema, inscreva-se no canal da Solid Systems no YouTube.

3 – No projeto de fechamento de sacadas consta que se faz obrigatória a emissão da ART?

Também conhecida como RRT, a Anotação de Responsabilidade Técnica é emitida pelo Conselho de Engenharia ou de Arquitetura, e deve estar em nome do fabricante do produto, do fornecedor do envidraçamento, e nela ainda consta o responsável técnico que, claro, será um engenheiro ou um arquiteto 👷‍♂️, uma vez que sim, o envidraçamento de sacadas é um serviço técnico.

🛑 Se esse item não constar no projeto de fechamento de sacadas, não apenas desconfie, como recuse e exponha os motivos e a importância de sua obrigatoriedade. E as chances de isso acontecer, em casos em que o documento foi elaborado por uma vidraçaria, é grande, uma vez que ela dificilmente estará registrada em um dos conselhos acima mencionados, e também são raros os casos em que ao menos um dos funcionários tenha formação técnica para ficar à frente.

Importante❗ Não basta ser um profissional terceirizado, ele precisa necessariamente fazer parte do quadro de funcionários da empresa.

Então, caso esses três pontos, aqui apresentados como dicas, não apareçam nitidamente no projeto de envidraçamento apresentado em assembleia, não o aceite e oriente aos demais proprietários a fazerem o mesmo, uma vez que, caso seja aceito, certamente fará com que o condomínio esteja em perigo. ☠

Para não correr riscos, seja você administrador de condomínio ou proprietário de imóvel, não abra mão de exigir que esse importante serviço seja feito por uma empresa de fechamento de sacadas que realmente honra seus compromissos com ética, colocando segurança e qualidade em primeiro lugar.

solid systems envidraçamento

🥇 A Solid Systems tem seus sistemas de fechamento de sacadas devidamente certificados pelos laboratórios Falcão Bauer e ITEC, garantindo assim o melhor material para sua obra.

[button color=”#c6b697″ size= “large” hover_text_color_override=”#ffffff” url=”https://solidsystems.com.br/contato” text=”QUERO FAZER O FECHAMENTO DE SACADAS COM A SOLID SYSTEMS →” color_override=”#c6b697″]


👉 E lembre-se, para estar sempre muito bem informado sobre as novidades e tendências referentes ao fechamento de sacadas e varandas, você pode, além de visitar nosso blog, nos acompanhar também nas redes sociais.

One thought on “3 dicas fundamentais para analisar se o projeto de fechamento de sacadas está correto na Assembleia”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

ATENDIMENTO TELEFÔNICO:

– Lar Center : de segunda à sábado das 10:00 às 22:00 e domingos das 14:00 às 20:00

– D&D : de segunda à sexta das 10:00 às 21:00, sábados das 10:00 às 20:00, e domingos das 14:00 às 19:00

– Alameda Gabriel Monteiro : de segunda à sexta das 9:00 às 19:00 e sábados das 09:00 às 15:00

tire as suas dúvidas por email

Tire suas dúvidas pelo WhatsApp